• Sitio en búsqueda permanente de alertas

Vigília de católicos fundamentalistas busca intimidar acesso a serviço de aborto legal em São Paulo.

Hospital Pérola Byington - Brigadeiro Luís Antônio Avenue - Bela Vista, São Paulo - Estado de São Pa
Alertas Latentes
Última Actualización: 29-04-2020
bebe-que-segundo-o-movimento-supostamente-representa-um-feto-de-10-semanas-15719
  • Tipo de Alerta Alertas Latentes
  • Fuente Redes feministas
  • Fecha de la alerta25-09-2019
  • Comunidad vulnerada Mujeres

Descripción

Grupo católico fundamentalista se instala em frente ao Hospital Pérola Byington, referencia em atendimento a saúde da mulher e primeiro serviço intalado de aborto legal do Brasil (1989) para impedir/intimidar acesso aos serviços. Moradora das redondezas organiza resistencia, alcançando mobilizar ampla adesão.

- 25/09 Grupo de católicos fundamentalistas (inclui Tradição Família e Propriedade – TFP) instala tenda diariamente e inicia ação para intimidar acesso ao serviço de aborto legal no Hospital Pérola Byington, primeiro serviço instalado – em 1989 – no Brasil. O grupo se autodenomina “40 dias pela vida”; 

-31/10 grupo assedia vítima de estupro coletivo que chegava ao hospital para atendimento psicológico. 

-Daniela Neves, roteirista, moradora das redondezas, organiza uma outra vigília para defender o hospital e as mulhers, de modo geral. Realiza mobilização por twiter, Contou com colaboração de outras/os moradores e com mobilização, de outras pessoas que foram chegando (o cotidiano e crescimento da mobilização pode ser acompanhado em links anexos). O grupo de contra-vigília, que começou com 15 pessoas, chegou a 100 em poucos dias. Contou com a simpatia de policiais e vizinhos, além de moradores de rua que foram se incorporando ao grupo, que os acolheu. Mobilização considerada positiva pelos/as que se engajaram.

-03/11 fim das vigílias contra e a favor.

En relación al Consenso de Montevideo

Ver más

Ubicación